As palestras abordarão temas como Políticas Públicas de Enfrentamento, Desafios e Perspectivas; Trabalho Escravo Contemporâneo e Contrabando de Migrantes no contexto da Migração. 
 
 
Foto: Nucri TJRR 
 


O Comitê Estadual Judicial de Enfrentamento à Exploração do Trabalho em Condição Análoga à de Escravo e ao Tráfico de Pessoas (Coestrap-RR), do Estado de Roraima, promoverá no dia 29 de julho, a partir das 15 horas, um webinário com diversas palestras sobre o tema, em referência ao Dia Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas (30/7).
 
As palestras abordarão temas como Políticas Públicas de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas: Desafios e Perspectivas; Trabalho Escravo Contemporâneo;Tráfico de Pessoas e Contrabando de migrantes no contexto da Migração.
 
O encontro  será realizado pela internet, com o apoio da Escola do Poder Judiciário de Roraima (Ejurr), que deve gerenciar as inscrições, a transmissão do evento e a certificação dos participantes. As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas até o dia 28 de julho pelo link http://ejurr.tjrr.jus.br/index.php/webnario-alusivo-ao-dia-de-enfrentamento-ao-trafico-de-pessoas. 
 
A mesa de abertura será composta pelo juiz titular da 5ª Vara do Trabalho de Macapá/AP, Jonatas dos Santos Andrade e pelo desembargador Almiro Padilha. O webinário contará ainda, como moderadora, a presidente do Comitê, juíza Graciete Sotto Mayor Ribeiro, e como mediadores os juízes membros: Gleydson Ney Silva da Rocha, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 11ª Região, e Felipe Bouzada Flores Viana, do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região. 
 
Os palestrantes serão a delegada Gabriela Madrid Aquino, chefe da Delegacia da Polícia Federal em Santo Ângelo (RS); Cláudio de Castro Panoeiro, secretário nacional do Ministério da Justiça e a psicóloga, Giulia Aguiar Camporez, coordenadora de proteção na Organização Internacional para Imigrações (OIM Brasil).
 
Por: Nucri TJRR