A Escola do Poder Judiciário de Roraima promoveu na manhã de hoje (19) o evento alusivo ao 17º Aniversário da Justiça Militar, com a palestra do ministro do Superior Tribunal Militar Péricles Aurélio Lima de Queiroz que teve como tema: “A atuação das forças armadas na segurança pública: Novos desafios para a Justiça Militar”.

A solenidade de abertura contou com a participação do diretor da EJURR desembargador Cristóvão Suter, dos juízes das Varas do Júri e da Justiça Militar, Lana Leitão e Cleber Gonçalves, do procurador de Justiça Alessandro Tramujas, militares estaduais e federais.

De acordo com a juíza Lana Leitão “essa comemoração é muito importante. A Justiça Militar precisa de um reconhecimento e uma divulgação até mesmo dentro do próprio Poder Judiciário e o desembargador Cristóvão Suter tem atuado para proporcionar eventos dessa natureza. A vinda do ministro Péricles Aurélio é de uma importância elementar para nossa Justiça Estadual e a Justiça Militar trabalha nas duas Varas Militares para fortalecer a democracia” disse.

A Coronel Vanísia Santos, corregedora do Corpo de Bombeiros de Roraima, parabenizou a Justiça Militar pela sua criação e permanência no Estado de Roraima. “Eu avalio muito positiva essa iniciativa de trazer o ministro Péricles, pois dá um respaldo muito grande para a nossa Justiça Militar. Eu atuo como juíza militar no conselho especial nas 1ª e 2ª Varas Militares e ao contrário do que as pessoas pensam, a Justiça Militar não é corporativa. É uma Justiça que busca manter os militares de forma a preservarem a hierarquia e a disciplina nas corporações” afirmou.


  


Palestrante - O ministro Péricles Aurélio Lima de Queiroz (STM – DF) é Pós-graduado (Especialista) em Direito Internacional Humanitário (Universidade de Brasília – 2006); Ingressou no Ministério Público Militar em 1981, onde exerceu os cargos de Promotor de Justiça Militar (1981-1993), Procurador de Justiça Militar (1993-1995), Vice-Procurador-Geral (1996-2000) e Corregedor-Geral do MPM (2000-2004); Membro e Coordenador da Câmara de Coordenação e Revisão do MPM (2006-2016), Membro nato do Conselho Superior (1995-2016), Presidente do Conselho Nacional de Corregedores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (2003); membro de Bancas de Concurso para Promotor de Justiça Militar (1997 e 1999); membro da Comissão da Memória Institucional do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP); Coordenador e Membro do Conselho Editorial da Escola Superior do Ministério Público da União (2002-2005/2011-2014).