Na manhã desta segunda-feira (19), o Tribunal de Justiça de Roraima, por intermédio da Escola do Judiciário de Roraima -EJURR firmou convênio com a Universidade Estadual (UERR) para que seja ofertada turma de Pós-graduação na modalidade lato sensu. O convênio tem como público-alvo, magistrados e servidores do TJRR.

Em 2017 a presidente do TJRR, desembargadora Elaine Bianchi e o diretor da EJURR, Cristóvão Suter assinaram Termo de Cooperação Científica e Pedagógica com UERR para realização de programas de treinamento, capacitação e Pós-graduação, nas modalidades lato e strictu sensu, tendo como público alvo magistrados e servidores do Judiciário estadual.

De acordo com a presidente do TJRR, desembargadora Elaine Bianchi, agora com a assinatura do Convênio, o Termo assinado em 2017 se concretiza e a ideia da ação é a continuidade.

“Essa é uma iniciativa pioneira e que será contínua. A ideia é mantermos a atualização constante de nossos magistrados e servidores. Teremos cursos reconhecidos, com professores doutores e mestres. A ideia é que magistrados e servidores estejam em constante capacitação para atender a nossa missão, que é levar ao jurisdicionado um serviço de qualidade e eficiência para que a gente concorra para a paz social que é a nossa missão”.

O presente Convênio vigorará a partir da data da publicação no Diário Oficial do Estado de Roraima e Diário da Justiça eletrônico, com vigência até 30 de junho de 2019, podendo ser prorrogado, de comum acordo, mediante aviso prévio de 30 dias.

Conforme o reitor da UERR, Regys Freitas, “essa parceria possibilitará que os jurisdicionados tenham à disposição, profissionais muito mais qualificados para atendê-los. A aproximação do Poder Judiciário com a academia é sempre salutar, pois vai fazer com que o processo de ensino e aprendizagem de todo aquele que presta um serviço público, seja sempre de maneira qualitativa aplicada ao setor público”.

O primeiro dos módulos ofertados será sobre Gestão Pública. Segundo o diretor da EJURR, Cristóvão Suter “Esse é o primeiro dos módulos das graduações e depois certamente virão outras. A construção é para mestrado e doutorado também. A Pós-graduação deve começar ainda no primeiro semestre e o mestrado é uma construção, pois durante o ano vamos desenvolver algumas ações para tentar viabilizá-lo”, disse o diretor, infomando que as vagas para magistrados e servidores serão especificadas em edital.

Participaram da assinatura do Convênio, o procurador de Justiça do Ministério Público, Edson Damas, o Pró-reitor da UERR, Sérgio Mateus, o juiz auxiliar da EJURR, Bruno Fernando Alves Costa, o secretário de Gestão Administrativa, Bruno Furman, dentre outros.
 

Boa Vista, 19 de março de 2018



Núcleo de Comunicação e Relações Institucionais

Escritório de Comunicação