Fotos: EJURR

(Transmissão ao vivo do audiodescrição durante o curso da Enfam)

 

A Escola do Poder Judiciário de Roraima (Ejurr) iniciou a transmissão nesta segunda-feira (04) da abertura do curso Conhecer Acessível - teoria e práticas de inclusão (Curso de Sensibilização – PcD) destinado a magistrados e a servidores das escolas judiciais e das escolas de magistratura dos tribunais federais e estaduais, oferecido pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), com parceria da Ejurr e da Rede de Acessibilidade.
 

A abertura do evento foi realizada pela Diretora da Ejurr, desembargadora Elaine Bianchi e pelo Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de Tocantins (TJTO), Adhemar Chúfalo, contando com a presença do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Sérgio Kukina.
 

O evento foi transmitido ao vivo pelo canal do Youtube da Enfam, com disponibilização das acessibilidades de audiodescrição, legenda e Língua Brasileira de Sinais (Libras) para os inscritos que possuem alguma deficiência que necessitem de uma das três acessibilidades.


Segundo a diretora da Ejurr, o oferecimento do curso é muito importante, pois nele se destaca o principal motivo da solenidade, nele se pode ver a estrutura que foi montada para incluir as três acessibilidades, a responsabilidade da equipe técnica para transmitir o evento sem que aconteçam erros ou imprevistos durante a passagem do curso. 
 


(Diretora da Ejurr, desembargadora Elaine Bianchi durante a abertura do evento)
 

“É uma alegria imensa a Escola do Poder Judiciário de Roraima, tão pequena, tão acanhada, mas ao mesmo tempo com uma equipe muito corajosa e destemida,  assumir a responsabilidade de trazer a acessibilidade para os eventos, cursos e treinamentos. É uma felicidade imensa que a Enfam esteja abraçando essa causa com a coragem necessária para que isso também aconteça”, discursou a diretora da Ejurr.

 

Contudo, para a desembargadora, essa iniciativa da Enfam veio de encontro com os projetos que vinham sendo implantados pela Ejurr, fazendo com que a escola assumisse o papel de pioneira nessa área, mesmo errando muito: “as pequenas vitórias  serviram de persistência para chegar onde a Ejurr está hoje”.


O curso acontecerá até dia 16 de maio, com a certificação de frequência mínima de 75% para os inscritos. As transmissões ficarão disponíveis para quem quiser assistir no canal do Youtube da Enfam oficial.