A instrução visa capacitar profissionais que atuam na segurança do Poder Judiciário de Roraima; Ao todo, 63 pessoas participaram do curso
 
 

Foto: Nucri TJRR
 
Na manhã desta segunda-feira, 6, policiais do Gabinete Militar do Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR) finalizaram o Treinamento de Tiro Tático Policial, realizado pela Escola do Poder Judiciário de Roraima (EJURR). O curso tem como objetivo capacitar os profissionais que fazem a segurança institucional do Tribunal. 
 
Ao todo, 63 militares participaram da instrução, divididos em cinco turmas compostas por 12 profissionais em média. Segundo a Chefe do Gabinete Militar, Coronel Valdeane Alves de Oliveira, o treinamento visa a atualização das práticas e fundamentos de tiro. 
 
“A capacitação dos nossos profissionais é importante para que eles possam aprimorar as técnicas de tiro que são aplicadas no dia a dia, tendo em vista a necessidade da melhoria contínua da segurança do Tribunal”, destacou.
 
O treinamento foi mediado pelo instrutor de tiro, Yohurts Makinss, que ressaltou a utilização de armamentos com diferentes modelos e calibres que fazem parte da rotina dos policiais que atuam na guarda predial e segurança de magistrados e servidores do Poder Judiciário roraimense.
 
“O tiro tático policial se difere das outras técnicas  porque envolve a segurança do atirador e das pessoas que estão próximas a ele. Nós preparamos os policiais para saber agir da forma mais segura para ele e para magistrados e servidores, caso sejam envolvidos em alguma situação de perigo”, ressaltou o instrutor. 
 
No início da capacitação, foram realizadas homenagens ao presidente do Tribunal de Justiça de Roraima, desembargador Cristóvão Suter, à Escola do Poder Judiciário, ao Comando Geral da Polícia Militar e aos instrutores de tiro. De acordo com a Chefe do Gabinete Militar do TJRR, os homenageados contribuíram fortemente para a realização do curso. 
 
“Fizemos uma singela homenagem com a entrega de troféus a todos que tornaram possível este momento de treinamento dos nossos profissionais. Somos gratos por todo apoio e acolhimento do Tribunal aos nossos policiais militares”, disse Valdeane. 
 
O sargento Hélio Alcântara participou do curso e ressaltou a necessidade da realização contínua de instruções aos policiais que atuam na segurança dos magistrados do TJRR. 
 
“Nós realizamos a guarda predial, segurança de nossos magistrados e dos oficiais de justiça que realizam o cumprimento de mandatos, por isso, precisamos estar sempre preparados e treinados para agir quando necessário”, finalizou.


Fonte: Nucri/TJRR