O Programa Justiça Comunitária, em parceria com a Escola do Poder Judiciário (Ejurr), vai realizar palestra com o desembargador Leoberto Narciso Brancher, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS), com o tema “Restaurativa: uma justiça para antes e mais além dos conflitos”, na segunda-feira (7), a partir das 15h.

 

O evento será realizado em alusão ao aniversário do programa, que completa 15 anos de existência e é fruto de uma parceria entre o TJRR com a Secretaria Estadual de Educação e Desporto (Seed). A Justiça Comunitária realiza um trabalho dentro das escolas e em seu entorno que visa contribuir para a democratização do acesso à Justiça, por meios de métodos alternativos de solução de conflitos. Problemas como bullying, assédio sexual, conflito familiar, drogas, furto e tentativa de suicídio fazem parte do dia a dia de atendimento da Justiça Comunitária nas escolas.

 

Para a presidente da Justiça Comunitária, Graciete Sotto Mayor, a ideia desse evento é resgatar a história da Justiça Comunitária, bem como mostrar tudo aquilo que já foi realizado durante esse período de atuação. “É muito importante todo o trabalho que é feito pela Justiça Comunitária, que é um projeto estadual. Alguns municípios do interior já foram contemplados.”

 

O palestrante Leoberto Brancher é desembargador no TJRS. Dedicou sua carreira à Justiça da Infância e Juventude e, mais exatamente, ao trabalho com jovens em conflito com a Lei. Atuou em diversas Comarcas antes de assumir como desembargador na Corte Estadual, em 2019. Desde 1999, Brancher dedica-se a iniciativas em Justiça Restaurativa, tendo sido um dos iniciadores da sua divulgação no país através de publicações realizadas, quando presidiu a Associação Brasileira de Magistrados e Promotores de Justiça da Infância e Juventude, entre 1999 e 2001, vindo a ser posteriormente uma das lideranças pioneiras na sua implantação e difusão desse modelo de Justiça.

 

Em 2004, criou o Núcleo de JR da Escola da Magistratura estadual, que promove grupos de estudos, seminários, eventos de intercâmbio e formações na área, iniciativa responsável por formar centenas de facilitadores de práticas restaurativas que compõem as equipes de Tribunais, Governos Estaduais e Municípios em 12 Estados da Federação.

 

O evento é gratuito e aberto a toda comunidade, com transmissão ao vivo por meio do canal da Ejurr na plataforma YouTube.

 

Os interessados em receber o certificado pela participação na palestra devem efetivar inscrição prévia no evento, mas, independentemente de inscrição, qualquer pessoa poderá acompanhar a transmissão.

 

Para se inscrever no evento, clique aqui.