A Escola do Poder Judiciário de Roraima (Ejurr), concluiu esta semana o curso Depoimento Especial de Crianças e Adolescentes. Ao todo, 30 profissionais participaram da capacitação que teve início em agosto deste ano.

A ação formativa teve como objetivo qualificar os servidores do Poder Judiciário e profissionais credenciados, com formação nas áreas de Direito, Pedagogia, Psicologia e Serviço Social.

Para a cursista Tayane Lucíola essa oportunidade de conhecer como funciona a entrevista forense é de suma importância para reduzir o dano causado às vítimas.
“Acredito que o curso não se limita apenas aos profissionais selecionados: psicólogo; pedagogo e assistente social, mas também para todos os envolvidos, desde a denúncia na polícia até o magistrado, pois são crianças e adolescentes em fase de construção da personalidade, em que muitas vezes são descredibilizadas. A empatia e a segurança nessa hora são primordiais.”

A conclusão do curso vem para reforçar o time de entrevistadores do Poder Judiciário de Roraima, priorizando o atendimento especializado para crianças e adolescentes.

Novas turmas serão disponibilizadas em breve para atender todos os selecionados no edital.